Luiz Sacilotto

obras

(clique nas imagens para abrir a galeria desejada)


As obras mais antigas Luiz Sacilotto remontam a uma fase de transição da figuração para à abstração, quando apesar de não apresentar mais figuras reconhecíveis, os campos cromáticos estão ainda longe da precisão que caracteriza a fase construtiva, a partir da experiência de Ruptura, e mais ainda das composições substancialmente simétricas que predominariam de 1953 em diante. As primeiras incursões pela abstração apresentam em geral uma matriz
geométrica, que formas vagamente orgânicas vêm quebrar ou desarticular. Entre os artistas do grupo concreto, Sacilotto foi provavelmente o que
mais criteriosamente escolhia ou produzia suas tintas. De
fato, Sacilotto já era um colorista muito refinado na fase expressionista, mas
essa característica do seu trabalho é menos evidente nas obras do período
concreto, por conta da organização econômica da estrutura das telas. Contudo, a escolha precisa das cores volta a ser central em sua produção posterior,
permitindo uma aproximação com a prática de pintores que poderiam
considerar mais “convencionais”.