exposições

Amilcar de Castro, Mira Schendel, Sergio Camargo e Willys de Castro

28/09/2006 - 10/12/2006

Os nomes que compõem esta exposição são os primeiros que o instituto abrigará. São, sem sombra de dúvida, alguns dos artistas brasileiros mais importantes da segunda metade do século XX. A obra dos quatro está sendo reunida, organizada, estudada. A partir de um acervo de trabalhos de arte e de documentos, a equipe do IAC tem feito um levantamento minucioso das diferentes trajetórias, e com isso oferecerá um rico material para os interessados em arte brasileira.

O desafio era distribuir em duas salas o que havia de mais característico e rico na obra de Amilcar de Castro, Mira Schendel, Willys de Castro e Sergio Camargo. Decidimos, então, dividir o espaço em quatro partes e separar um artista do outro. Cada um ocupa um lugar específico, o que permitiu revelar mais os aspectos de cada obra, do que a relação entre os artistas. Mais do que refletir sobre os possíveis diálogos entre eles, pretendemos apresentar seus trabalhos. E, assim, possibilitar ao espectador uma visão que, se não é integral, ao menos torna visível algumas singularidades, complexidades e até convergências de suas trajetórias.

Rodrigo Naves e Tiago Mesquita - curadores



curadoria

Rodrigo Naves e Tiago Mesquita